Blog

Cor da lente dos óculos escuros faz diferença em situações do dia a dia

Cor da lente dos óculos escuros faz diferença em situações do dia a dia

É importante que o óculos tenha também proteção contra raios ultravioleta.
Já a cor da lente é mais importante para conforto da visão, dizem médicos.

 

O sol forte durante o verão pode ser bastante perigoso para a saúde dos olhos, além de ser um grande incômodo para a visão.

Por isso, muitas pessoas costumam usar óculos escuros para se proteger – no entanto, é fundamental também tomar alguns cuidados na hora de escolher a lente e o produto ideal.

 O mais importante é que a lente tenha proteção contra os raios ultravioleta, mas a escolha da cor também é fundamental, principalmente para o conforto da visão (confira no vídeo acima). De acordo com o médico, as cores da lente são indicadas para situações diferentes – por exemplo, a lente castanha ou marrom é ideal para dirigir já que oferece uma boa noção de contraste e profundidade; a lente verde é melhor para os idosos, porque dá uma melhor visão de contraste; a lente púrpura é melhor para quem vai ficar no mar ou na mata; a lente amarela é indicada para o nascer e pôr-do-sol; a lente preta é ideal para quem fez uma cirurgia e a lente cinza é ideal para quando está escurecendo, já que não é tão escura.

Quadro mostra as lentes ideais para cada situação (Foto: Willian Lopes/TV Globo)

 

Além de melhorar o conforto da visão, os óculos também evitam a evaporação da lágrima, o que pode prevenir o ressecamento dos olhos.

Muita gente costuma ainda usar um colírio, mas é preciso tomar cuidado - como existem vários tipos, é importante saber escolher o ideal. O de lágrima artificial, por exemplo, é um dos mais usados, geralmente por pessoas que usam muito o computador e ficam com os olhos ressecados. Nesse caso, não há grandes riscos, mas existem outros colírios que podem trazer graves consequências se usados sem orientação médica.

Os vasoconstritores, por exemplo, também chamados de adstringentes ou clareadores, são usados para combater a vermelhidão nos olhos, mas podem causar dependência. Já os colírios com antibióticos, vendidos apenas com receita médica, são usados para tratar e prevenir infecções e devem ser aplicados apenas pelo período indicado pelo médico, para evitar danos aos olhos.

 

Fonte: Bem Estar! http://goo.gl/XSRuhF

Deixe seu comentário