Blog

7 alimentos que ajudam a preservar a saúde dos olhos

7 alimentos que ajudam a preservar a saúde dos olhos

“Cenoura faz bem aos olhos”. Quem já não ouviu e repassou essa dica, verdadeira por sinal?! Igualmente à cenoura, muitos outros alimentos contêm nutrientes que têm o poder de retardar ou mesmo de prevenir doenças oculares. O nutricionista Vinícius Fenero, do ambulatório de pediatria da Fundação do ABC, lista 7 alimentos que ajudam a combater problemas que prejudicam seus olhos.

 

Cenoura e a sua fama de ser um ótimo alimento para a visão

Isso se deve aos seus altos níveis de carotenoides, pigmentos de cor vermelha, alaranjada ou amarela muito importantes para a dieta. Esse composto tem sido assunto de interesse da comunidade científica há muitos anos devido ao fato de que muitos deles se convertem em vitamina A no organismo. Recentemente pesquisas têm demonstrado que eles atuam como antioxidante, protegendo as células dos danos oxidativos − processo de oxidação que ocorre normalmente com a ação dos radicais livres − e, consequentemente, reduzindo o risco de desenvolver algumas doenças crônicas.

 

Milho e couve também são importantes fontes de carotenoides

A luteína e a zeaxantina exercem duas funções potenciais nos olhos: proteger a mácula dos raios solares (filtram os raios UV, evitando que haja a degeneração macular [DM]) e atuar como antioxidante, neutralizando os radicais livres. Essas substâncias vêm ganhando destaque nos últimos anos, pois vários estudos mostram que elas ajudam a diminuir o risco de doenças oculares relacionadas à idade, como DM e catarata, que são causas comuns de perda de visão e cegueira eventual em idosos.

 

Fígado bovino é um dos alimentos mais ricos em vitamina A

A vitamina A está presente de duas maneiras nos alimentos: a vitamina A pré-formada, de origem animal, e a provitamina A (carotenoides), de origem vegetal. A carência dessa vitamina pode provocar a xeroftalmia, também chamada de “olho seco”, uma enfermidade que se caracteriza não só por alterações na produção de lágrimas, como também produz secura da pele, córnea e conjuntivas. Outra manifestação comum é chamada de cegueira noturna, uma condição que afeta a visão, em especial, à noite ou em uma área com pouca ou nenhuma luz.

 

A gema dos ovos tem função antioxidante

Além de também ser uma fonte rica de luteína e zeaxantina, a gema contém zinco, que contribui para reduzir o risco de degeneração macular. Sua função antioxidante pode prevenir danos celulares e a perda gradual da visão.

 

Sementes de linhaça e chia contêm ômega 3

Esse ácido graxo pode beneficiar pessoas com a síndrome do olho seco ao reduzir a atividade inflamatória do organismo e, provavelmente, alterar o perfil lipídico* das glândulas que produzem os óleos especiais que compõem a lágrima normal. Alguns dos componentes do ômega 3 poderão também estimular a secreção da lágrima.

 

Procure incluir esses alimentos em sua dieta para se beneficiar de

seus nutrientes e ter olhos saudáveis!

 

Fonte: http://goo.gl/miwrld

Deixe seu comentário